Vereador macuquense Diogo Latini defende Educação Inclusiva e propõe Fórum Municipal para aprofundar o debate do tema

TEXTO – RICARDO VIEIRA

Respeitar as diversidades e trabalhar pela igualdade de direitos deveria ser um dever de todos os cidadãos. No entanto, ainda há muito que se avançar para garantir a inclusão social e fazer dela uma ferramenta sem fronteiras, capaz de colocar no mesmo patamar, lado a lado pessoas com as diferenças naturais impostas pela vida. 

Sonhando ver Macuco na vanguarda da igualdade social e tentando mostrar que respeito e dignidade são direitos de todos os seres humanos, o vereador Diogo Latini está propondo ao Poder Executivo, através da Indicação Parlamentar Nº 1377/19, datada de 7 de outubro de 2019, a criação do Fórum Municipal da Educação Inclusiva.

Em sua justificativa, Latini esclarece que é preciso unir todas as correntes educacionais e fazer com que estas se mantenham engajadas e articuladas para garantir que a Educação Inclusiva seja real, ofertada de forma descentralizada e em rede, algo que ele julga ser um divisor de águas na quebra de preconceitos e paradigmas sociais.

O vereador macuquense acrescenta que a missão da indicação é fortalecer a educação especial no âmbito municipal. Caso seja aprovado e adotado pelo prefeito Bruno Boaretto, o Fórum da Educação Inclusiva seria um espaço democrático, permitindo amplo debate entre profissionais de educação e sociedade, aprofundando reflexões sobre o tema e promovendo uma saudável troca de experiências e propostas.

“Se juntarmos num mesmo ideal comunidade, educadores, movimentos sociais e poder público, encontraremos caminhos suaves e soluções satisfatórias para acolher todas aquelas famílias que clamam pela educação inclusiva. Creio que seja um anseio coletivo bastante possível de acontecer”, acredita Diogo Latini.

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *